Os vilões do cabelo alisado


O desejo de ter madeixas lisas é tão comum que até virou tema de novela, a Avenida Brasil, Globo. O caso é baseado em uma história real, de duas sócias que realmente ficaram ricas com salões dedicados ao alisamento. O procedimento embeleza mesmo, mas antes de optar por ele, é preciso se informar.

“Muito cuidado na hora de escolher o método de alisamento. Passe longe da escova progressiva que tenha formol na formulação. Além de detonar os fios, o composto faz muito mal à saúde. A dica é oportuna já que, por mais que o formol esteja proibido pela ANVISA, é bom certificar-se de que realmente o salão que você escolheu não o usa.

Prefira os alisamentos à base de hidróxido de sódio, guanidina ou tioglicolato de amônia, que já são tradicionais e menos agressivos. Mas se você quer experimentar um procedimento mais moderno, a boa nova é o alisamento a base de aminoácidos, que alisa os fios e ainda estimula a produção de ceramidas, que dá brilho. E, antes de iniciar qualquer processo, peça para o profissional fazer o teste antialérgico. É fundamental saber se o produto pode causar algum tipo de alergia ou reação.

Reponha o que foi retirado

Todo alisamento, em alguma intensidade, danifica a saúde dos fios, deixando-os mais ressecados e sensíveis. Segundo o especialista, todo cabelo alisado precisa de hidratação constante. No salão, escolha um tratamento à base de queratina e aloe vera, responsáveis por devolver a umidade e nutrir os fios. Em casa, invista em produtos com óleo de Argan, colágeno e pantenol em sua formulação. “Uma vez por semana, indico o uso de uma boa máscara de hidratação nutritiva”, diz Ackley.

Alguns pequenos cuidados fazem a diferença com os fios alisados. Por exemplo, na hora de lavar as madeixas, você deve usar produtos específicos para cabelos quimicamente tratados. Outra dica: suavidade na hora de esfregá-lo, para não causar nenhum tipo de irritação no couro cabeludo, que já está sensível devido à química. Invista em um condicionador potente e não saia de casa sem um bom leave-in com protetor solar e antioxidante em sua composição. “Eles mantêm as cutículas fechadas e protegem os fios da ação do sol e da poluição”, completa o hairstylist.

Os vilões do cabelo alisado:


Chapinha – esqueça que ela existe. O aquecimento causado por ela desidrata e pode arrebentar os fios que já passaram por alisamento.

Secador – evite usá-lo, mas se for impossível, aplique antes um produto nos cabelos específico para proteger da ação do calor.

Praia ou piscina – Não mergulhe sem um bom leave-in ou protetor solar próprio para o seu tipo de cabelo.

Tintura – Segundo Ackley, sempre que alisar os fios, espere um tempo antes de tingi-lo ou fazer mechas. “O cabelo alisado está sensível demais e pode ser quebrado com facilidade”, explica

0 opiniões: