Proteção solar é coisa séria o ano inteiro

Você acorda esperando um lindo dia de sol, mas só consegue sentir o vento gelado e ver muitas nuvens no céu. O clima é típico de inverno, mas a influência dos raios solares nocivos à sua pele continua forte, mesmo que a claridade e o calor não estejam presentes. Por isso, é preciso usar filtro solar diariamente, logo ao sair de casa, e reaplicar durante o dia.

“Nossa pele está sempre exposta à radiação da luz, inclusive nos ambientes fechados. A luz branca do escritório também prejudica a estrutura cutânea, assim como a incidência dos raios UVA e UVB, presentes o ano inteiro”, explica a dermatologista Vanessa Lira, de São Paulo.

Perigo dos raios UVA Para entender como esse processo funciona ela conta que, nos dia de sol, são os raios UVB que afetam a pele. Entre 11h e 16h, eles são mais fortes e podem causar queimaduras, vermelhidão e sensação de ardor. São esses raios que você enfrenta quando vai à praia, por exemplo. Já nos dias nublados, são os raios UVA que aparecem – e são ainda mais prejudiciais à estrutura celular da sua pele, de acordo com Vanessa.

“Enquanto as nuvens filtram os raios UVB, os UVA não recebem esse tipo de filtro que impede a radiação. Eles são mais perigosos por serem imperceptíveis nos dias fechados; e penetram mais profundamente nas camadas da pele”, comenta.

Entre as causas mais conhecidas da exposição a estes raios estão o foto envelhecimento, o surgimento de manchas, a hiperpigmentação, queimaduras solares e inflamações, além da desestruturação celular que pode causar problemas ainda mais sérios, como o câncer de pele.

Regras de mercado E é por isso que os dermatologistas indicam o uso do protetor solar todos os dias, em qualquer época do ano. E a legislação também está a favor da causa: a partir deste ano o mercado ganhará novas regras com relação à comercialização de diversas modalidades de protetor solar.

Aprovadas pelo Mercosul, essas normas pretendem definir métodos para avaliar ativos presentes nos filtros solares e também nos cosméticos, dermocosméticos e maquiagem que possuam proteção deste tipo na fórmula. Essa recomendação deverá ser apresentada oficialmente nos rótulos das embalagens, garantindo que você saiba que está adquirindo um produto seguro ainda na loja.


Capital Soleil, Vichy: considerado o primeiro filtro solar urbano do Brasil, conta com proteção contra os raios UVA e UVB. Com textura em gel, é indicado para peles oleosas e conta com efeito matificante. Toque seco e alta durabilidade. R$ 102.
City Block Sheer Oil-Free Daily Face Protector FPS 40, Clinique: protetor de uso diário, com cor suave que evita o efeito de palidez. Indicado para peles normais e secas. R$ 94,90.
Redermic [+] UV, La Roche-Posay: creme anti-idade de uso diário com alta proteção solar. Combate rugas e flacidez, prevenindo também contra o foto envelhecimento. Conta com FPS 25, textura adaptada à pele das brasileiras e ação antibrilho. R$ 149,90.
Minesol Oil Control FPS 30, RoC: gel-creme bloqueador solar facial que reduz e controla a oleosidade da pele. Com proteção UVA e UVB e sistema de filtros solares foto estáveis. Também previne contra o foto envelhecimento. R$ 60.
Episol Whitegel, Mantecorp: filtro solar com antioxidantes, que proporciona ao mesmo tempo alta proteção contra os raios UVA e UVB e combate aos radicais livres, que causam o foto envelhecimento. Com toque seco e sem álcool, pode ser usado em qualquer tipo de pele. R$ 58.
SPF 30 Plus Spray Gel, Australian Gold: alta proteção UVA e UVB e fórmula segura para pessoas com peles sensíveis. Livre de PAB e à prova d’água, tem textura leve e fácil aplicação. R$ 64,90.


Fonte

0 opiniões: